sexta-feira, janeiro 27, 2006

Nas Sanjoaninas 2006 - Grupo de pais querem festividades sem álcool

Retirei este excerto de um artigo do jornal "A União", com o mesmo titulo que dou a este post. Passem por lá (www.auniao.com) e leiam o artigo na integra, de qualquer maneira deixo aqui aquele parágrafo que julgo resumir (felizmente ou infelizmente, decide tu) a verdadeira essência de ser Terceirense. Nem faço comentários ao que se segue...

Terceira no topo do consumo

“A ilha Terceira tem a particularidade de registar um dos mais elevados consumos ocasionais de bebidas alcoólicas a nível Açores, os quais estão associados à característica particular que o terceirense possui e que se prende com o gosto pelos festejos e convívios como mais ninguém nos Açores. Embora o consumo ocasional seja um consumo desvalorizado e tolerado, não deixa de ser preocupante pelas ligações à sinistralidade rodoviária, sinistralidade laboral e violência doméstica em que, aos fins-de-semana, feriados e no dia imediatamente a seguir, apresentam índices mais elevados”.Dentro da ilha Terceira, as pessoas que habitam os meios urbanos apresentam uma maior prevalência de consumo regular de bebidas alcoólicas do que as residentes em meios rurais, “todavia os padrões de consumo são bastante diversificados por as pessoas do meio rural que consumem o fazerem todos os dias, enquanto as que habitam nos meios urbanos o fazem preferencialmente com regularidade semanal ou ocasional.“Sendo os jovens entre os 15 e os 25 o grupo populacional que apresenta maior propensão para o consumo de bebidas alcoólicas, tabaco e drogas é preciso acreditar que é possível travar-se uma luta, embora se saiba que será titânica, porque o pior de tudo é nada fazer”.

1 comentário:

marisa disse...

O problema dos papais q não concordam cm a venda d bebidas alcoolicas nas sanjoaninas, não será a falta de educação que prestam aos seus filhinhos? pois hj em dia tem s filhos para os "outros" educarem...e porque não?!assim até s torna mt mais facil!...de culpar os "outros"...té pq alguém tem q ter culpa,não é?!