domingo, junho 15, 2008

Concurso AngraRock 2008 - Resultados

Acabou à pouco no Centro de Cultural de Angra do Heroísmo a 9ª edição do concurso AngraRock. Mais uma vez, alguns prémios discutíveis, outros sem qualquer argumento. Aqui ficam os resultados, na próxima quarta-feira saírá no jornal "A União" - e também aqui no blog - a minha review sobre o evento.

1º - Public Seven (Terceira)
2º - Nomdella (Terceira)
3º - Cysma (Terceira)

21 comentários:

Anónimo disse...

Que palaçada esta treta de Angra Rock!Acabem lá com esta porcaria,é ridiculo!!Não sei como a Camara de Angra deixa-se representar por gente tão INCOMPETENTE neste evento,no minimo aburdo!Mais que visto que o 1º seria para a banda Cysma...já que é um concurso de ROCK, HELLO????!!!!Como ficam de fora outras bandas???
Mário Silva

Anónimo disse...

É verdade a Camara devia de abrir os olhos!!!Na edição do musicofila o Miguel Linhares devia de dar nas orelhas sobre esta porcaria!!!
CYSMA vão ser um desatino!Fã incondicional à partida!!!

Rui

Anónimo disse...

Que cagada!!

Anónimo disse...

Ai tanta dor de cotovelo.
Os Public Seven foram de LONGE a melhor banda.

Anónimo disse...

Sem duvida que é uma boa banda,mas não de rock...Cysma é era um justo vencedor!Dor de cotovelo??!!Pois muitos devem estar a sofrer disso por verem pessoas como o João,Raul,Timy e Chico juntos,isso talvez...Ah,ah!!Que deixem os comentários IDENTIFICADOS!!Cobardes...

Mário Silva

Anónimo disse...

Angra Rock é merda!Morte a esse evento!!


Castro

Anónimo disse...

Pessoalmente gostei muito dos 4saken,mas ainda podem melhorar muito...Mas este concurso é muito fraco,é sempre a mesma coisa...muito mal representado...

Ricardo Fontes

Anónimo disse...

Meus amigos, citações do regulamento do concurso disponível no site www.angrarock.com:
"3 – O CONCURSO ANGRAROCK 2008 é aberto apenas projectos musicais dos Açores de QUALQUER GÉNERO constituídos pelo máximo de sete elementos."
"11 – Na avaliação dos projectos, o Júri terá em consideração, para além de outros, três aspectos genéricos: Originalidade, Musicalidade e Execução."

Creio que o primeiro prémio para os Public Seven foi mais que justo uma vez que cumpriram e superaram os 3 principais items em análise. Em relação a eles, nada a dizer. Em relação aos 2º e 3º lugares, podem surgir aí algumas dúvidas. Nomdella apresentaram-se muito consistentes ao mesmo tempo que os Cysma, tendo em conta a qualidade dos músicos, também produziram uma excelente apresentação. Justa ou não, foi a decisão que foi tomada...
A questão de música Rock é subjectiva. Rock vai desde Pop/Rock a Hard Rock e este concurso vê de tudo, esde a pop mais simples ao Metal mais pesado. A verdade é que está aberto a todos os géneros e a partir do momento em que aparece um que tenha qualidade, há que reconhece-lo!!
Até o próprio Festival AngraRock nem é um festival só de Rock nem de Metal. Se assim fosse, nunca iriam trazer o David Fonseca, nem o João Pedro Pais!!! Esqueçam essa cena que o concurso e o Festival é só para música pesada.
Dizer que o Concurso é uma cagada é estar a pôr em causa a honestidade do júri. O presidente do júri este ano (Nuno Norte)é um músico com provas dadas e que trabalha com alguns dos melhores músicos deste país! Ele não conhece os músicos, não sabe quem são. Só analisa o que ouve e vê no concurso e toma a sua decisão.
Realmente cheira-me a alguma dor de cotovelo...mas é sempre assim...
Mais uma vez, e na minha opinião, Public Seven gostei bastante, justos vencedores sem qualquer margem para dúvida. Talvez Cysma merecessem o segundo uma vez que tocaram muito bem e já tem muita experiência (embora deva dizer que ouvi um pouco de Stream e um bocado de Othello ali...) e finalmente, Nomdella em terceiro pela evolução que tiveram em relação ao ano passado.
Cumprimentos
João Gomes

Anónimo disse...

Public Seven não tocaram rock?? Deixem-se de tretas. Tocaram e muito bem! Mereceram ganhar sem dúvida! E só falam do Timy e dos outros. Tem elementos dos Public Seven que em talento dão 4 ou 5 Timys juntos... Parabéns a eles!
Luísa

Anónimo disse...

Acho lamentavel de estarem a fazer ofensas pessoais a quem não está aqui metido no blog,isto parece mais questoes pessoais do que outra coisa...Critérios de avaliação...é lógico que as bandas tenham as suas influencias, e é claro que nos Cysma vê-se influencia de outros projectos que estes elementos participem e que ouvem,da mesma maneira os public seven também têm...Meu amigos isto é mais que normal!!Não sejam ridiculos!!Agora é assim pelo aquilo que vi e conheço dos membros dos Cysma,o objectivo da sua participação neste concurso foi outro, e foi de todo atingido...!Pá sou fã de Stream e conheço um pouco Othello, e axo que fundiram o melhor dos dois num projecto diferente,rockeiro...Pessoal gostos são gostos. Os lugares são discutiveis,mas pronto isto é mesmo assim...

Flávio

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

...os Anéis de Marfim mereciam mais... mais não seja pela persistência...

Antes de mais queria deixar uma palavra de apreço à equipa do Angra Rock (Hélio e Colaboradores). Continuem a ser honestos na vossa agência, não façam como outros aspirantes a agentes (e alguns músicos... infelizmente) que fazem de tudo para (imitando ou tocando originais - conforme o evento)acabam por prejudicar projectos bem mais interessantes e que trariam realmente algo de novo...

Se calhar ainda não estamos preparados... é claramente uma questão de educação cultural (porque cultura é outra coisa...)

vamos todos para os toiros... e o mundo da música vai avançando...lá fora... por cá é o que se vê...

Abraço aos Amêndoa Seven e Parabéns.
Quando é o próximo espectáculo dos Public Doce?

Rui Peixinho

Anónimo disse...

Olá!Desculpa lá Rui (foste tu que apresentaste,não foi?)mas quem é que está prejudicar quem?Aspirante a agentes?!Referes-te a quem?


Marcio

Anónimo disse...

Caramba!Comentarios da treta!!!Mas quem prejudica quem??Só vi pessoal a tocar musica!!Mais nada!!


Flavio

Anónimo disse...

também acho que a questão dos ataques pessoais não tem razão de ser. cada qual tem o talento que tem. nestas coisas muitas vezes o pessoal conhece-se e são amigos e entre os músicos acredito que não haja qualquer rivalidade fora dos palcos. todos se apoiam uns aos outros e sinceramente, é mesmo assim que deve ser .
Ruben

Miguel Linhares disse...

Boas pessoal.

Como autor e coordenador deste blog tenho que deixar aqui uma palavrinha: comentem, mas não ofendam. Não entrem em guerrilhas pessoais e não atirem ofensas pessoais.
De resto, agradeço as vossas visitas e o vosso interesse no assunto. É a falar que podemos melhorar e/ou modificar as coisas.
Abraço a todos.

Anónimo disse...

Parabéns ao Júri por ter avaliado em conformidade com o regulamento e Parabéns "Public Seven" por terem dado ao Júri, motivos que justificassem o início da descolagem do rótulo "aposto, não pela organização mas por alguns apreciadores do rock mais pesado" de que o Festival é só para bandas rock. A organização e os Júris não tem culpa que até ao presente festival não se tivessem apresentado projectos que não se enquadrando no hardrock, trashrock, heavymetal ou outro estilo de rock mais pesado, tivessem qualidade suficiente para ganhar o concurso, desta vez aconteceu e o resultado foi "o óbvio". Aos que pura e simplesmente manifestam aqui o seu gosto pessoal de uma forma insultosa "mesmo que de forma camuflada", deixo um conselho:
Para o ano, leiam o regulamento que "muito bem" está acessível a todos no site do angrarock, ou se vos der muito trabalho ler tudo, os pontos 03, 11 e 14 chegam...... se não vos agradar...... fiquem em casa.
Marcelo Sousa

Anónimo disse...

Amén!

Timothy disse...

Bom dia pessoal!Eu não sou frequentador de "blogs" nem tão pouco costumo deixar comentários...Mas visto que anda aqui o nosso nome à baila e em particular o meu não pude de deixar de dizer qualquer coisa.Eu não gosto de concursos,e ao falarem de entrarmos este ano,não dei um parecer positivo,mas eram 3 contra 1,e a vontade de tocar era muita e lá cedi.Sou uma pessoa teimosa mas lucida(às vezes!lol!!)e a ultima vez que participei neste concurso fui aos arames(por varias razoes,mas foi uma atitude que não me arrependo e se voltasse atrás faria o mesmo mas melhorava a minha "pontaria"...!!
Caso alguém não se tenha apercebido os Cysma são constituídos por 4 pessoas que se querem divertir a fazer uma coisa que gostam: Musica!É claro que defendemos o melhor possivel para a nossa banda (como qualquer pessoa faz com algo que goste e acredite)e estas coisas de Concursos é muito subjectivo!O facto é queríamos mostrar o nosso projecto e desta forma ver a receptividade do publico ao nosso som!Pá há quem goste,quem não goste e quem fique indiferente...isto é assim mesmo!Na realidade só nos interessa as pessoas que nos dão apoio e que nos CONHEÇAM verdadeiramente,ou pelo menos os indivíduos que não se identificando com o estilo musical saibam pelo menos apreciar!Enquanto às decisões nada comento, porque não importa...!Divertimos-nos MUITO e só solidificamos o nosso som e a nossa relação!Também não posso deixar de dizer que este projecto vai continuar livre de pressões e tendo em conta que existem outros projectos que estes elementos estão envolvidos e que querem dar continuidade e em que existe um respeito mutuo dentro da banda em relação a isso!
Houve alguém que referiu neste blog existiu muito talento em palco e cada qual à sua maneira particular!Nada mais certo...
Acho que existe muita malta nova com talento e com vontade de fazer algo na musica seja a tocar, organizar,produzir...esse pessoal tem que começar a aparecer e a tomar as suas próprias iniciativas,porque no que toca pelo menos a mim torna-se dificil fazer mais porque a vida assim não o permite,e a musica (infelizmente)não é a minha vida,é o meu escape do quotidiano!
Outra coisa que queria comentar é que influências musicais toda gente as tem, o que torna interessante a musica é a forma como a redesenhamos individualmente tendo em conta aquilo que mais nos "toca"!Deixo aqui também um apelo ao pessoal que nos apoia mas que deixou aqui uns comentários meios "descompensados", agradecemos a vossa palavra de apreço mas não entrem em guerrilhas!
E é assim meus amigos,amados por uns odiados por outros...its life!
Para acabar queria dizer às pessoas que tenham algo ofensivo a dizer que o façam cara a cara...não através de msgs anónimas. Quanto à restante comunidade mentalmente sã deixamos a nossa porta aberta para alguma conversa produtiva e adulta para que ambos possamos crescer como músicos e sobretudo como pessoas!Um abraço,disponham!
ps:Não deixem de ver a reportagem fotografica do festival soundzone neste blog!!eh,eh!
Timothy Lima

O Verdadeiro Peixe disse...

O comentário do Rui Peixinho, não é da minha autoria.

Apresentador (com claras limitações) do AngraRock 2008.

Aquele abraço!
Peixe

Flávio Cristóvam disse...

Boas, como apreciador da boa musica que se faz na nossa terra, acho verdadeiramente lamentável que entrem em discussões como esta,em que chegam ao ponto de apontar o dedo a determinados musicos e criar rivalidades quando eles nem estão cá para se defender...
Em relação á decisão do primeiro lugar não condeno o Juri, pois ambos Public Seven e Cysma fizeram uma excelente prestação e embora eu aprecie mais a musica criada pelos Cysma, não tiro mérito aos Public Seven.
Quanto ao terceiro lugar, não concordo em nada, os Cysma tinham qualidade para discutir o primeiro, e foram ultrapassados na classificação por uma banda que mostra uma boa evolução, é verdade, mas que ainda não chegou ao patamar em que foi colocada, até atribuiria o 3ª lugar aos 4saken, mas isto sou eu...
Acho absolutamente ridiculo andarem para aí a dizer que musicos dos Public Seven dão 4 ou 5 Timmys. Para já não sei qual foi a paranoia de implicar com o Timmy, porque quem o conhece sabe que a ultima coisa que ele faz é puxar para cima aquilo que faz, e depois,agora falando dele e do resto dos Cysma (Raul, João e Xico) em termos musicais, digo e sublinho são dos melhores musicos da nossa terra e quem o nega nem teve a coragem de dar o nome...
Ainda aproveito para dizer que a conversa de que Cysma é fusão de Stream com Othello é muito triste e ignorante, porque é obvio que estas duas bandas, ás quais estes musicos se entregaram no passado e entregam-se no presente, vão ter sempre reflexos no que eles componham agora ou no futuro...
Não façam intrigas com coisas destas, preocupem-se sim em apoiar o que por cá é feito, para que haja motivação para haver evolução e criação de novas bandas e projectos musicais...

Abraço
Flávio Cristóvam