quarta-feira, junho 28, 2006

1, 2 e 3 de Setembro de 2006 - AngraRock fecha o cartaz

Texto - www.angrarock.com / Fotos - www.liquido.de

LIQUIDO (Alemanha), DEEP INSIGHT (Finlândia), RAMP (Portugal), EXPENSIVE SOUL (Portugal), PLUTO (Portugal), STREÄM (Terceira), A DIFFERENT MIND (São Miguel), THE BLISS (São Miguel) e OTHELLO (Terceira) são as nove bandas que integram o programa do FESTIVAL ANGRAROCK 2006.
Não são muitas as bandas de rock que se podem orgulhar de terem vendido 700 mil cópias com o tema de estreia como aconteceu com os alemães LIQUIDO. De um momento para o outro, “Narcotic” transformou-se num grande sucesso na Europa, Ásia, Austrália, África do Sul e México, fazendo com que os LIQUIDO fossem a banda de rock que mais discos vendeu na Alemanha em 1999 e tivessem conquistado diverso discos de Platina e Ouro no ano do lançamento do álbum de estreia “LIQUIDO” que vendeu mais de 200 mil exemplares. Nessa altura, o grupo efectuou a sua primeira digressão europeia com salas quase sempre esgotadas.A banda formada, em 1996, na cidade alemã de Heidelberg apresenta uma sonoridade electro/rock. Os LIQUIDO são constituídos por Wolfgang Schrödl (voz, guitarras e teclados), Tim Eiermann (voz e guitarras), Wolle Maier (bateria) e Stefan Schulte-Holthaus (baixo). Ainda estava bem presente o sucesso alcançado com “Narcotic” e os LIQUIDO lançam em 2000 o seu segundo álbum “At the Rocks”, que entra directamente para o Top 20 da Europa e o single “Play Some Rock” permanece dez semanas no top alemão. Com os primeiros sinais de sucesso na América do Sul, os LIQUIDO efectuam a segunda digressão europeia com passagem pelos principais festivais de Verão.Em 2002, o grupo germânico lança o seu terceiro disco – “ALARM! ALARAM!”, que contém o tema “Stay «With Me”, mais tarde utilizado por um marca de aperitivos conhecida em todo mundo e a canção “Why Are You Leaving” é utilizada na banda sonora do filme “Knallharte Jungs” de Bernard Eichinger. No final de 2002, os LIQUIDO já tinham vendido mais de dois milhões de discos em todo mundo.O quarto álbum da banda “Float” é editado em Março de 2005 e apresenta uma mistura de influências com punk, indie, electro, disco, pop e rock e já conta com dois singles – “Ordinary Life” e Love Me Love Me”.

9 comentários:

M disse...

Deep insight? Liquido? Quem é esta gente? Quanto lhes pagam? Quem os escolheu? Todos os anos assistimos neste festival a uma parada de bandas estrangeiras que nada trazem de novo ou que já expiraram de prazo de validade. Eu não tenho nada contra as bandas estrangeiras, muito pelo contrário. Mas vamos ser francos: há quantos anos é que não pensavamos nos Liquido? é valida a escolha desta banda? quem vai lucrar com isto? é o publico? não estou a pedir para me trazerem os White Stripes (não estou a ver o angrarock a encher com eles, apesar de tudo), nem os Metallica(Aí "acho" que já enchia), mas não me metam bandas para encher chouriços. perfiro que me tragam outros reammon (não é do meu agrado, mas foi uma das maiores enchentes que vi no angrarock) do que 1-hit-has-been's.
O dinheiro não é da organização, é de todos nós. Agora: Onde é que está o meu livro de reclamações???

Anónimo disse...

O maigo não leu com atenção a biografia dos Liquido?
Acha que o Angrarock pode contratar uma banda como os Metalica?
tenha juizo!

Anónimo disse...

Amigo anónimo, voçê é que não leu bem o comentário do M. Ele disse e passo a citar: "não estou a pedir para me trazerem os White Stripes(...), nem os Metallica...", ou seja, ele embora demonstre que adorava que gostaria de ver bandas desse calibre lá, sabe que isso é impossivel. E sou também da opinião que "bandas de encher chouriço", nós angrenses já estamos um bocado fartos...e estes Liquido...pronto, não é preciso dizer nada. Faz-me lembrar os Star Industry...
Asdrubal

Anónimo disse...

O RAM para melaleiros, os Expensive Soul para a malta do Hip Hop, etc..
O que vocês querem mais?
Valorizem o que têm... São NOVE bandas de diferentes estilos?
Será que só sabem falar mal?
Pq n se metem no barco e vão todos para o Festival da Ponta Delgada ver a Daniela Mercury????

Anónimo disse...

Pois, realmente é o que muita gente vai fazer, para Daniela Mercury e para Jamiroquai... Mas ó Sr. Anónimo (ou Hélio, como preferir...), cada vez mais pessoas desconfiam deste festival por alguma razão e os mais atentos, mais informados, ou com mais conhecimentos, sabem muito bem que este dinheiro do municipio não está a ser bem usado...E cá para nós, por vezes nem o próprio municipio sabe explicar bem o que se gastou e onde...Não se admire que a mama esteje a chegar ao fim...apesar do seu amigo Sérginho ainda ter poder sobre a Câmara...Aplaudo a vinda dos Ramp e também dos Expensive Soul, quanto ao resto...é como disse, faz lembrar os Star Industry...
Asdrubal

Anónimo disse...

Peço desculpa, também aplaudo a vinda dos Pluto! Só não concordo, assim como o amigo M, com a vinda dos Deep Insigth e dos Liquido. E a presença dos Stream, pois é um "prémio" a uma das melhores bandas que já ganhou o concurso, mas era uma boa banda, quem viu os últimos concertos...bem, como as coisas mudam... o que é aquilo?! Só falta o Zé Milho cantar uma música com eles... É pena!!! Era o nosso grande estandarte do Rock na Terceira...
Asdrubal

Anónimo disse...

Olá:

O meu nome é Bruno Lima e sou o autor dos comentários que aparecem com anónimo porque não estou registado neste blog.
Porque acho que as coisas não ficaram claras acho que deve eslcarecer o seguinte:
1 - Não foi o Hélio Vieira que escreveu os referidos comentários com os Asdrubal refere.
2 - Apenas conheço o Hélio Vieira de vista e de o na rua e no angrarock por isso o que digo não é para defender ninguém mas porque não acho justo que a malta esteja a deitar pra baixo o angrarock rock só porque não gosta desta ou daquela banda.
Já quando foi com os Paradise Lost também foi a mesma história aé parecia que não se tratava de um dos nomes mais importantes de sempre do Gótico e que se não fosse o angrarock NUNCA tinham metido os pés na Terceira porque as festas que por ai se fazem preferem o Emanuel...
Concordo que os Star Industry foram uma má escolha, mas caramba, é apenas uma em muitas bandas que já passaram por cá.
Este ano houve muitos dos tais que acham que um festival tem que ser só metal que falaram mal do rock in rio e o festival temve mais gente do que há 2 anos quando lá estiveram os Metallica.
E depois é preciso ter em atenção que o angrarock é um festival com um orçamento reduzido por isso não se pode dar oa luxo de contratar as bandas que voçes tanto gostam.
Li no Diário Insular que aquele festival com a Daniela Mercury e os Jamiraquai (que bom seria eles virem ao angrarock), vai custar 800 mil euros, é un bocado mais que o orçamento do angrarock não acham???
Deixem-se de ataques pessoas e dê as vossas opniões mas de forma contrutiva.
Como disse numn post anterior são NOVE bandas.
Quando estiver em palco alguma que não gostam aproveitem para irem beber uma fresca ou ir ver o Top Time Band os os Sete da Vida Airada uma festa de império.

Um abraço e bora lá curtir o angrarock.

Bruno Lima

M disse...

Eu li a biografia dos Liquido, pois tive que ir ao site deles para me lembrar quem eram. Sinceramente, parece-me ser uma banda que "morre" em 2000. Os Deep Insight são desconhecidos e nem toda a gente se interessa (a verdade é esta) ou tem possibilidades para comprar os albuns ou visitar o site. Para além disso, acredito piamente que é mais caro trazer uma banda do estrangeiro do que trazer 2 ou 3 do continente (à excepção dos xutos e outros desse nível). Sendo assim, se é para fazer um esforço extra, que se traga algo rentável, que atraia publico para conhecer as bandas locais. E nenhuma destas bandas me parece rentável. Em 2004 fez-se uma escolha acertada. porque não repeti-la?
Afinal qual é o objectivo deste festival? trazer bandas de qualidade à Ilha Terceira? Atrair publico para esta sonoridade? O que REALMENTE ganham as bandas que vencem o concurso?
Continuo a pedir o livro de reclamações...

P.S.- estou aqui apenas para clarificar a minha opinião. como já li em muitos sítos, "fighting on the internet is like competing in the special olympics-even if you win you're still retarded."

Anónimo disse...

Sr. Bruno Lima,
os lucros que a organização mete ao bolso não são pequenos e isso sem que o festival dê algo de retorno, talvez só meia dúzia de escudos com o aluguer das barraquinhas...Está mal...
Também quero o livro de reclamações...